sexta-feira, 30 de março de 2012

Da lagrima (Carta para .. .)

Triste lagrima que vem de mim
É o riso sacana no teu rosto
A dor forte que corta meu peito
É a faca da tua alegria sem fim

Oh!Que desgraçado é esse amar
Que vem ardente bem de dentro
E para, na existência de um simples gracejar
Que atinge fortemente bem no centro

Para que tudo seja o triste findar
Pois não ter você por perto
É o que resta da fria realidade, que vem atacar

Mas esse atacar faz a alma calar
E cala forte, mas tão forte que tento
Viver o impossível sonho que é te amar.

(amos)

Um comentário:

  1. Ovbvio que voce
    viveu esse amor
    entao deixa ser
    que a dor
    vai passar

    ResponderExcluir